O turismo e a realização de eventos em pauta na Câmara de Criciúma

A importância do turismo no município de Criciúma e a realização das Feiras Agroponte e Casa Pronta estiveram em pauta na Tribuna Livre desta terça-feira, dia 17, na Câmara de Vereadores. A presidente do Conselho de Turismo do município, Jaqueline Backes e o organizador dos eventos, Willy Backes, foram convidados para utilizar o espaço, por proposição do vereador Nícola Martins (PSDB).

A Feira Agroponte, segundo Jaqueline, é a segunda maior do estado no segmento. “Nós recebemos, a cada ano, aproximadamente 600 empresas nas feiras. Além disso, são gerados três mil empregos diretos e indiretos para sua realização. Em todas as edições realizamos pesquisas e já tivemos anos que 21% dos participantes estavam em Criciúma pela primeira vez, vieram para o município, conheceram a cidade, por conta da Agroponte ou da Casa Pronta”, destacou.

Conforme Willy Backes, aproximadamente quatro mil propriedades rurais possuem interesse em participar das edições. “Quando nós falamos em Agroponte, estamos movimentando aproximadamente 40 cooperativas de agricultura familiar, abrangendo Amrec, Amesc e Amurel”, destacou.

A possibilidade da criação de um Centro de Eventos, para realização das feiras, palestras e exposições também foi abordada durante a Tribuna Livre. “O município merece ter um local que comporte todos os equipamentos necessários. Nós temos um bom pavilhão de exposições. A sede da Amrec e a até o próprio Elias Angeloni auxiliam em alguns eventos, quando necessário”, finalizou Backes.

Para o proponente da Tribuna Livre, vereador Nícola Martins, é importante que as pessoas entendam que o turismo vai além do ponto turístico em si. “Criciúma volta e meia é sede de grandes eventos, feiras e isso é um turismo. É importante estarmos a par e compreender qual é a importância dele para o município”, ressaltou.