Estrutura da 17ª CasaPronta Criciúma começa a ser montada

Evento acontece de 16 a 20 de outubro, no Centro de Eventos José Ijair Conti

Na próxima semana, entre os dias 16 a 20 de outubro, começa um dos principais eventos de construção, decoração e mobiliário, a 17ª edição da feira CasaPronta Criciúma. A estrutura já começou a ser montada e promete atrair um grande público para os cinco dias de evento.

Conforme a diretora da NossaCasa Feiras & Eventos e organizadora da CasaPronta, Jaqueline Backes, muitas são as novidades que estarão presentes na feira, tanto em decoração como imóveis, e materiais de construção. “Teremos mais de 200 expositores apresentando as tendências do mercado. A oportunidade é boa para os expositores alavancarem seus negócios, e os clientes para conferir tudo o que há no setor em um único lugar”, comenta.

Espaço de Convivência e Cultura

A novidade da CasaPronta deste ano é o espaço de convivência e cultura, para que os visitantes possam ter um momento de descanso, e fazer um registro fotográfico nos pontos instagramáveis que estarão disponíveis no local. Realizado em parceria com a Unesc, haverá lounges montados, e também artistas plásticos produzindo artes nestes locais, para as pessoas interagirem.

Horário de visitação e entrada

Os horários de visitação são: na quarta-feira (16), quinta (17) e sexta (18): das 17h às 22h; sábado (19) das 14h às 22h; e domingo (20) das 14h às 19h.

A entrada com o convite é gratuito. Caso o visitante não tenha recebido o convite de acesso, a entrada terá o valor de R$ 5,00. Crianças menores de 12 anos deverão estar acompanhadas de seus responsáveis e não pagam o ingresso. Mais informações podem ser conferidas no site www.nossacasa-sc.com.br

CasaPronta Criciúma oferece opções sustentáveis para construir, mobiliar e decorar

Edição de número 17 da feira será realizada de 16 a 20 de outubro, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti

A escassez de recursos naturais é um dos problemas mais debatidos atualmente em todo o mundo. Ideias que tenham foco na preservação do meio ambiente ganham cada vez mais espaço em todos os segmentos produtivos. Na CasaPronta Criciúma a sustentabilidade também ocupa um importante espaço e a cada ano crescem as opções de produtos e serviços alinhados a essa diretriz.

Um dos expositores que vem com esse diferencial é a Mundo Steel. A empresa utiliza o sistema construtivo Light Steel Frame, já difundido em países como os Estados Unidos, e que é composto por materiais ecologicamente corretos, que diminuem a geração de resíduos e o consumo de água.  Além de minimizar o uso de recursos naturais por meio do processo denominado Construção Seca, os imóveis da Mundo Steel também promovem a sustentabilidade durante o seu uso, pois possuem melhor controle térmico e acústico.

“A construção civil no Brasil está passando por um processo de industrialização, que é o que já aconteceu nos países desenvolvidos. Cada vez mais a gente vai deixar de utilizar materiais de construção artesanais e vai passar a utilizar materiais de construção industrializados e é isso que a Mundo Steel vem promovendo no mercado”, comenta Valcir Nunes, proprietário da Mundo Steel.

Ele ainda elenca outros benefícios do processo. “Uma das vantagens é a agilidade na construção, por se tratar de um método construtivo industrializado, o sistema chega a ser até 60% mais rápido quando comparado com os métodos convencionais ou artesanais. O conforto térmico de uma obra steel frame é muito superior aos demais métodos, porque as paredes recebem isolamento acústico. E podemos pontuar também o baixo peso que essas obras têm, o que gera uma grande economia nos custos com fundações”, afirma Nunes.

Fontes renováveis de energia

Os visitantes da 17ª Casa Pronta Criciúma também vão encontrar na feira alternativas sustentáveis para produção de energia elétrica para suas residências, comércio ou indústria. Uma delas é a trazida pela Moneretto Luz Engenharia, que é especialista em energias renováveis, uma delas a energia solar. A empresa projeta e executa usinas fotovoltaicas, que têm a função de transformar a radiação solar em energia elétrica. Além de se tratar de uma fonte inesgotável, a opção também resulta em economia financeira, uma vez que a energia será produzida no próprio imóvel.

“A nossa empresa trabalha desde o projeto até a execução de obras elétricas. Atendemos todos os tipos de clientes, sejam eles residenciais, comerciais ou industriais, sejam micro usinas, mini usinas ou grandes usinas fotovoltaicas, atendemos conforme a necessidade do cliente. E aqueles que tiverem interesse, nós estaremos na feira com uma equipe técnica qualificada para explicar o que são as energias renováveis”, declara Thiago Moneretto.

Outra novidade da área que será levada em primeira mão para a Feira CasaPronta é o gerador híbrido Titan Maglev, lançamento comercializado pela Roger Energy. O equipamento possui a opção de geração de energia elétrica tanto pelo sol quanto pelo vento, a eólica. De acordo com o gestor de vendas da empresa, Guilherme do Amaral de Córdova, o gerador é o único do modelo em toda a América Latina.

“Qualquer consumidor de energia elétrica pode utilizar esse equipamento, seja comercial ou mesmo residencial. Geralmente, quando nós pensamos em energia eólica, a imagem é daqueles grandes parques, mas esse gerador é bem compacto, é voltado mesmo para o consumidor final. E o objetivo dele, além de ser sustentável, é também a economia na conta da energia elétrica. E ele é, ainda, o primeiro gerador do mundo a utilizar o grafeno como matéria-prima, um dos materiais mais resistentes que existem, duzentas vezes mais resistente que o aço”, observa Córdova.

Busca pelo atual

Ao longo das suas 17 edições, a CasaPronta Criciúma consolidou um público fiel e diversificado. Por esse motivo, oferecer variadas opções de produtos e serviços é um dos propósitos do evento. Segundo Jaqueline Backes, diretora da NossaCasa Feiras e Eventos, organizadora da CasaPronta, esse é um desafio que precisa ser vencido a cada ano.

“Muitos expositores comercializam produtos e serviços tradicionais, que sempre estão presentes e fazem sucesso, pois são amplamente difundidos no mercado. Mas também é de extrema importância que a feira comporte as novidades, as inovações dos setores abrangidos. Trazer alternativas sustentáveis é inevitável e imprescindível atualmente e aqui, na nossa região, tem muita coisa interessante para ser evidenciada”, comenta Jaqueline.

A 17ª CasaPronta Criciúma – Feira da Construção, Mobiliário e Decoração será realizada de 16 a 20 de outubro, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, e contará com mais de 200 expositores.

CasaPronta Criciúma apresenta móveis planejados com durabilidade e qualidade

Diversas empresas estarão reunidas para mostrar o que há de mais moderno no setor

Para aqueles que procuram novidades no setor de construção, mobiliário e decoração, a 17ª CasaPronta Criciúma irá mostrar o que existe de mais inovador e o que será tendência na área. O evento acontece de 16 a 20 de outubro, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, e contará com mais de 200 expositores.

A empresa DG Planejados Italínea, de Criciúma, irá apresentar produtos direto de fábrica, que são inspirados em tendências internacionais. De acordo com o gerente, Ronaldo Silveira, todos os produtos desenvolvidos pela empresa são projetados e testados por engenheiros para que a durabilidade e a qualidade sejam dentro das exigências e padrões da marca.

“A Italínea está há mais de 20 anos no mercado e se destaca por ter a melhor relação custo benefício para os clientes. Entregamos um produto diferenciado, moderno e atual com um investimento bem acessível”, afirma.

Um dos diferenciais da empresa é que o cliente pode acompanhar o pedido online, e verificar as etapas de produção em que ele se encontra. Outro diferencial, é a resistência dos móveis. “Utilizamos cola termoplástica que necessita de equipamento importado para aplicação. O processo de vedação acontece por aquecimento, selando na peça o que está sendo colado. As fitas bordas são em materiais diferenciados chamados de PP e PS, que não ressecam e não trincam e também dificultam o amarelamento”, explica.

Em relação a pintura dos móveis, a empresa possui três opções: acetinada, cujo brilho é semi fosco, possui resistência a riscos e tem toque aveludado; o brilho, que possui uma alta intensidade devido a aplicação de verniz especial e o alto brilho que possui um brilho intenso e resistência a riscos, pois é com processo de secagem U.V. “Todas as nossas pinturas não são por camadas, usamos a tecnologia mais moderna que é feita uma única aplicação de tinta, mas com secagem rápida, o que garante a cobertura total da peça e maior resistência. Não há desníveis ou ondulação na pintura, a pintura em camadas é menos resistente a riscos e apresenta ondulações”, conta.

Para a diretora da NossaCasa Feiras e Eventos, Jaqueline Backes, um dos objetivos da feira é apresentar aos clientes e visitantes as novidades que as empresas oferecem, e facilitar ainda mais esta busca, por móveis, pela casa própria, por produtos voltados para construção, decoração, entre outros. “Teremos tudo a disposição dos nossos visitantes, um evento que trará tudo o que o cliente procura em um único lugar”, ressalta.

Expositores conhecem novidades e ajustam detalhes para a CasaPronta 2019

Receber um público de mais de 60 mil pessoas em cinco dias de evento requer uma organização alinhada em todos os sentidos. Um ano antes da data marcada, a 17ª CasaPronta Criciúma – Feira da Construção, Mobiliário e Decoração começou a ser planejada, logo depois do fim da 16ª edição. E agora, quando entra em sua reta final de preparação, é o momento de acertar os detalhes. Com esse intuito, a NossaCasa Feiras e Eventos, organizadora da CasaPronta, reuniu os expositores na manhã desta sexta-feira (13), na Associação Empresarial de Criciúma (Acic).

Este ano a feira será realizada de 16 a 20 de outubro, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, e contará com mais de 200 expositores. “São milhares de pessoas envolvidas, é uma pequena cidade que é montada e que recebe visitantes de toda a região e também pessoas que vêm de longe para conferir as oportunidades que a feira oferece. Por isso é tão importante reunir os expositores nas semanas que antecedem o evento e alinhar os detalhes. Assim conseguimos alcançar um nível ainda mais alto de satisfação tanto daqueles que visitam quanto dos que expõem”, comenta Jaqueline Backes, diretora da NossaCasa Feiras e Eventos.

Na reunião desta sexta, os representantes das empresas ficaram por dentro de especificações sobre montagem e desmontagem de estandes, horários, programação, comunicação e demais pontos que envolvem a feira, considerada a maior do segmento em Santa Catarina. Eles também puderam tirar dúvidas a respeito de todos os detalhes e conhecer as novidades preparadas para esse ano.

Mesmo tendo participado de quase todas as edições da CasaPronta, o diretor da Contempla Casas em Concreto, Giovani Elias, fez questão de estar presente na reunião. Ele afirma que é importante estar inteirado sobre tudo, já que o formato sempre evolui com o passar dos anos. O diretor ainda relata os resultados recentes que obteve com a participação na feira.

“A feira repercute o ano todo. Quando a pessoa visita o nosso estande, interessada em construir uma casa, ali nós plantamos uma sementinha. Por exemplo, nós estamos construindo a casa de um cliente nosso que é trabalhador da construção civil, ele mesmo poderia construir a casa dele, mas ele já nos conhecia, porque fomos nós que construímos a primeira casa dele e no último ano nós tivemos contato novamente por causa da feira”, conta Elias.

Sessão de Negócios

As empresas que há 17 anos levam seus produtos e serviços para a CasaPronta estão focadas em aumentar a sua carta de clientes, apresentar a sua marca, prospectar e concretizar vendas. Porém, o ambiente é propício, também, para a formação de parcerias, já que o evento agrega expositores com potencial para fechar negócios uns com os outros.

Para aproveitar o encontro dessas empresas e incentivar o networking, está confirmada para este ano a realização de mais uma edição da Sessão de Negócios. A ação é organizada pelo Sebrae e consiste em rodadas rápidas de apresentação, para que todos se conheçam e analisem aqueles que podem se tornar parceiros. “A Sessão de Negócios é uma troca de cartões, uma oportunidade para que os expositores se conheçam fora da correria da feira, um momento para fazer networking e prospectar”, explica Jordana Roos Ribeiro, assistente administrativo do Sebrae.

AgroPonte 2019 encerra com resultados positivos

Negócios fechados e público de mais de 100 mil pessoas marcaram a 9ª edição da Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar

A força do agronegócio do Sul Catarinense esteve em evidência nos últimos cinco dias, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma/SC, durante a realização da AgroPonte 2019. A 9ª Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar encerrou às 18h deste domingo (18) e já contabiliza mais um sucesso de público e de negócios, mostrando mais uma vez todas as potencialidades do setor na região e para a região.

Mais de 100 mil pessoas visitaram o evento que iniciou na quarta-feira. “Superamos as expectativas de quem durante 12 meses trabalhou e organizou o evento. Os pavilhões absolutamente lotados, o número de expositores bateu recorde e o público ultrapassou a edição anterior”, afirma Willi Backes, diretor da NossaCasa Feiras & Eventos, organizadora da AgroPonte.

Quem colheu bons frutos foi Arnaldo Bez Batti, que levou os seus gados reprodutores e matrizes para a feira e comercializou seis deles, além de participar e vencer categorias do julgamento de bovinos da Raça Brahman, realizado na sexta-feira.

“Uma pessoa de Itajaí soube que nós ganhamos o primeiro lugar aqui, saiu de lá de Itajaí com um caminhão, veio aqui e levou dois animais nossos. Tudo o que tem aqui na feira é muito bom para nós e queremos ser parceiros para as próximas”, conta Bez Batti, que participa da AgroPonte desde a primeira edição da feira de bovinos.

“Eu já quero assumir o compromisso de que no próximo ano estaremos aqui não com

25 animais, mas com 30, 40, ou até mesmo 50 animais, porque o atendimento é bom, a estrutura é boa, não temos o que reclamar”, acrescenta o expositor.

Sonho realizado na agricultura familiar

Entre os mais de 250 expositores que participaram da 9ª AgroPonte, marcaram presença 40 cooperativas e associações da agricultura familiar. Da Cooperativa Nosso Fruto, de Criciúma, estava a Ilene Zanivan Martinello, com seus pães e bolos caseiros. Ela acaba de receber o seu alvará e já foi participar da feira, sua primeira oportunidade de negócios.

Ao lado do marido, do filho e da nora, Ilene viu que a sua atividade tem potencial para crescer e ficou surpresa com as vendas que fez durante a feira. “Algumas pessoas me diziam ‘olha, se cuida, não vai ser tanto assim como tu pensas’ e, de repente, deu certo. No sábado eu produzi para as vendas de sábado e domingo, mas vendi tudo no sábado. Fiquei até as 21h na feira, fui para casa, produzi tudo de novo e trouxe produtos frescos para vender no domingo. A AgroPonte me abriu as portas e, para mim, tem sido a realização de um sonho”, conta Ilene.

E ela não foi a única que atingiu seus objetivos na AgroPonte, como relata o gerente regional da Epagri em Criciúma, Edson Borba Teixeira. “Os agricultores venderam muito, mas não é só a venda, é também o contato e a prospecção de novos negócios, porque aqui passam muitos compradores, desde redes de supermercados, lanchonetes, casas de conveniência, de produtos naturais”, pontua Teixeira.

“A feira proporciona ao agricultor trazer todo o seu trabalho do dia a dia e mostrar ao público urbano, até visitantes que vêm de fora, os produtos da agricultura familiar. Para a Epagri, isso é a recompensa do trabalho de um ano inteiro planejando, organizando, assessorando os agricultores para hoje podermos dizer que fechamos com chave de ouro a AgroPonte 2019, que só não é melhor que a AgroPonte 2020, porque eu tenho certeza que a cada ano a feira só melhora”, complementa o gerente da Epagri.

A diversidade de produtos à disposição do público surpreendeu Kleber Giovane Silva e sua família, que pela primeira vez visitaram a feira. “Antes eu pensava que AgroPonte era só para agricultores, então, a gente que não é agricultor, não teria nada para ver, mas agora, conhecendo, a gente viu que tem muita opção diferente para a família toda”, afirma Silva que aproveitou para levar para casa biscoitos, frutas e legumes.

Próxima edição já tem data

A 9ª AgroPonte contou, também, com a 7ª Feira Exposição Estadual de Animais, 4ª Feira Bovinos Comerciais Venda Direta e 2ª Exposição Oficial Cavalos Crioulos. A programação ainda ofereceu seminários e painéis técnicos gratuitos sobre temas variados, todos ligados ao agronegócio, além dos julgamentos dos bovinos das raças Angus e Brahman e o julgamento dos cavalos da Raça Crioula.

Com o fechamento da edição 2019 inicia-se o balanço, avaliação e desde já o planejamento para o ano que vem, que já tem data marcada. A 10ª AgroPonte será realizada de 19 a 23 de agosto de 2020. “A partir de agora reunimos os grupos de trabalho e fazemos as avaliações. Cada um tem uma sugestão de ampliação e de diversificação e eu acredito que vamos conseguir crescer para a próxima edição”, declara Willi Backes.

Confira 5 opções para fazer no fim de semana na AgroPonte

Feira segue até às 18h de domingo, 18, com muitas oportunidades de se divertir

A 9ª edição da AgroPonte traz sempre muitas novidades para proporcionar ao público muitas experiências positivas. Se você procura algo para fazer no fim de semana, o sábado e o domingo (17 e 18) são as últimas oportunidades de conhecer os animais, as delícias da agricultura familiar e de aproveitar as atrações. Por isso, selecionamos algumas dicas.

1. Provar as delícias da agricultura familiar

Os produtos da agricultura familiar merecem destaque. Entre méis, salames, cachaças, bolachas, verduras, frutas, muitos outros artigos são vendidos por quem faz ou aqueles que estão envolvidos direta ou indiretamente na produção. Todos os produtos são oriundos de famílias catarinenses da região.

2. Fazer selfies com os animais

Outra atrativo, principalmente para as crianças, são os animais. No pavilhão externo você encontra bois Angus e Brahman, as cabras, os cavalos da raça Crioula, as aves, pássaros e coelhos.

3. Valorizar os artesanatos

Na feira você encontra também artesanatos. Como por exemplo, tapetes de crochê, toalhas bordadas, artes em concha, artes em biscuit, artes em porongo, laços, pulseiras, colares, uma infinidade de produtos feitos por pessoas da nossa região.

4. Plantas

Há também muitas flores e plantas para quem ama as belezas da natureza. A oportunidade é boa para garantir as suas plantas e levar para casa. Suculentas, Girassol, Gerânio, Cymbidium, Bromélias, e tantas outras, que embelezam ainda mais a feira.

5. Tirar uma foto nos tratores

Os tratores e máquinas agrícolas também fazem a diversão das crianças e adultos que passam por aqui. Quem nunca viu um trator de perto, pode vir, e ainda, fazer seu registro dentro dessa máquina enorme.

Localização e ingressos

A feira ocorre até este domingo, 18, no Parque de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma. Localizado na Rua Giácomo Sonego Neto, 35, Bairro São Luiz. Os visitantes da AgroPonte terão à disposição duas áreas de estacionamento. Uma delas é a que fica em frente ao pavilhão e a outra está localizada na Avenida Santos Dumont, em um terreno aos fundos do pavilhão. O valor do estacionamento é R$ 10.

A organização da feira e os expositores distribuíram 50 mil convites para entrada no pavilhão, mas aqueles que não possuem um podem adquirir a sua entrada por R$ 5 na bilheteria logo na entrada. Crianças menores de 12 anos de idade não pagam.

AgroPonte 2019: mundo pet cresce em serviços e produtos

Expositores trazem para a feira opções de saúde, beleza e bem-estar para os animais de estimação

Salão de beleza, acupuntura, dermatologista, mas não para seres humanos e, sim, para os bichinhos. De acordo com o Instituto Pet Brasil, em 2017 o mercado de produtos e serviços para animais de estimação movimentou R$ 25 bilhões no país. Esse sucesso é evidenciado também na AgroPonte 2019, que esse ano registra crescimento de participação do segmento em relação à edição anterior.

Atualmente, muitos lares são formados apenas por uma pessoa ou por casais que adotam os animais de estimação como verdadeiros filhos, o que faz crescer o cuidado com os pets. “Cada vez mais as pessoas estão buscando o mercado pet, vem em uma crescente muito grande. É como um filho mesmo”, comenta a representante da SOS Hospital Veterinário e Pet Shop, Cristina Miotello.

Essa é a segunda vez que a empresa, de Criciúma, participa da AgroPonte. O objetivo é divulgar os serviços e também comercializar os produtos oferecidos na loja. “Nós somos um hospital veterinário que funciona 24 horas por dia, temos um corpo clínico de 10 médicos veterinários, com especialidades como dermatologia, medicina felina, pets exóticos e oncologia, além de UTI e laboratório próprio. Também temos o banho e tosa, inclusive com serviço exclusivo para felinos, que são mais agitados nesse sentido”, afirma Cristina.

Ainda no segmento dos cuidados com os pets, a Fórmula Animal também está presente na AgroPonte 2019 e traz para os visitantes as opções de manipulações de medicamentos para uso veterinário. Os remédios são manipulados em diversos formatos e sabores, garantindo maior eficácia ao tratamento.

Na feira, a Fórmula Animal está focada na apresentação das medicações em forma de biscoitos e pastas saborizadas, mas também é possível conhecer outros produtos, como os florais para animais, shampoo hipoalergênico e reparador de pelos, máscara hidratante e protetor solar.

Coelhos encantam o público

A 9ª edição da AgroPonte também conta com a volta de uma das novidades mais queridas da edição anterior: os mini coelhos. O pet, até então considerado exótico, está caindo cada vez mais no gosto dos visitantes que se apaixonam pelos animais trazidos pela JM Coelhos e Roedores, de Chapecó.

“Esse ano também viemos atender com ração e outros produtos aos clientes que no último ano levaram os coelhos”, conta Mateus Camatti, responsável pelo estande que em 2019 tem o dobro do tamanho do estande de 2018. “O coelho é um animal de estimação como qualquer outro e necessita de cuidados, como uma boa alimentação e exames periódicos. Os compradores levam para casa um manual com todos os cuidados que devem ser seguidos. Tratando bem, o bichinho pode viver de oito a 12 anos”, acrescenta Camatti.

Julgamento de raças bovinas

Nesta sexta-feira (16) a 9ª AgroPonte chegou ao seu terceiro dia e um dos pontos altos foi a realização do julgamento dos bovinos. Exemplares das raças Angus e Brahman desfilaram e foram avaliados pelo especialista em qualidade animal, Roberto Vilhena, que ao final elegeu os vencedores de cada raça, baseado em características técnicas. Neste sábado (17) é a vez do julgamento dos cavalos da raça Crioula, que terá início às 10h30min, com premiação marcada para as 17h.

Fim de semana na feira

A AgroPonte 2019 – 9ª Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar continua a sua programação neste fim de semana, com os portões do Pavilhão de Exposições José Ijair Conti abrindo às 10h e fechando às 22h no sábado (17) e abrindo às 10h e fechando às 18h no domingo.

Ainda no sábado pela manhã, a partir das 9h, haverá o seminário “Biotécnicas da Reprodução no Melhoramento do Gado de Corte”, conduzido pelo doutor Alceu Mezzalira, professor da Udesc de Lages. O seminário será realizado no Auditório da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), ao lado do pavilhão, com inscrição gratuita, que pode ser efetivada na hora.

Tecnologia aliada ao campo: AgroPonte traz facilidades ao agricultor

Máquinas e equipamentos expostos na feira oferecem mais agilidade e qualidade para o trabalho rural

Quanto trabalho é necessário para plantar duas mil mudas? Com a transplantadeira de hortaliças o agricultor vê reduzir consideravelmente o tempo e o esforço para que a sua atividade seja executada. A máquina é uma das novidades em tecnologia que a AgroPonte 2019 traz e que facilita a vida do homem do campo.

“Ela tem regulagem de altura, então o agricultor escolhe se ele quer plantar com cinco centímetros ou sete centímetros na terra, por exemplo. Tem, também, regulagem de distância de uma muda para a outra, se ele programar para plantar a cada 22 centímetros, ela vai seguir esse roteiro”, explica João Batista, representante da Olim Agro, uma das empresas expositoras da AgroPonte.

A transplantadeira de hortaliças é uma inovação fabricada no Japão e que começa a ser apresentada aos agricultores, mas em 2018 já venceu o Prêmio Gerdau Melhores da Terra na categoria Agricultura Familiar. Com ela é possível plantar até duas mil mudas em apenas uma hora, porém a economia de tempo não é o único benefício do equipamento.

“O agricultor também ganha muito em ergonomia, porque na plantação manual ele precisa se agachar, já com a máquina ele fica em pé, ao lado, apenas repondo as mudas para que a transplantadeira faça o serviço”, comenta Batista.

Agilidade na extração de leite

Outra tecnologia presente na 9ª AgroPonte é a ordenhadeira mecanizada, um conjunto de extração de leite que proporciona mais agilidade ao produtor. Com o equipamento é possível ordenhar até oito vacas ao mesmo tempo, com um tempo de extração de aproximadamente 45 minutos. De forma manual, o ordenhador levaria em média três horas para realizar a mesma atividade.

“É possível controlar a medição do leite, a temperatura, o tempo. Também dá para saber se o animal está com mamite ou mastite, aliás, diminui muito a incidência desse tipo de problema, porque a mecanização padroniza a ordenha, promovendo um maior bem-estar animal, além de ser uma grande comodidade ao produtor”, afirma Robison Daniel, representante da Plantarmaq, expositora que trouxe o equipamento para a feira.

Programação segue até domingo

A 9ª AgroPonte – Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar segue até domingo (18), no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma. A programação também conta com a 7ª Feira Exposição Estadual de Animais, 4ª Feira Bovinos Comerciais Venda Direta e 2ª Exposição Oficial Cavalos Crioulos.

Nesta sexta-feira (16), a partir das 14h30min, começam os julgamentos de animais, iniciando pela Raça Britânica Angus, seguida da Raça Zebuína Brahman. O julgador é o especialista no assunto, doutor Roberto Vilhena. No sábado (17), às 10h30min, começa o julgamento dos equinos da Raça Crioula.

O horário de visitação na sexta-feira é das 14h às 22h, já no sábado é das 10h às 22h e no domingo, último dia, das 10h às 18h.

AgroPonte 2019: Feira é aberta com a presença de autoridades e lideranças cooperativistas e do agronegócio

Programação inclui exposições, palestras, seminários, e diversos atrativos que seguem até domingo, 18

A 9ª AgroPonte – Feira do Agronegócio e Agricultura Familiar abriu as portas oficialmente na tarde de quarta-feira (14), no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma. Logo após, foi realizada uma cerimônia oficial que reuniu autoridades do setor, gestores do poder público e lideranças.

Serão cinco dias de feira que engloba também a 7ª Feira Exposição Estadual de Animais, 4ª Feira Bovinos Comerciais Venda Direta e 2ª Exposição de Cavalos Crioulos. Com mais de 250 expositores, e diversas atividades; como palestras, seminários e workshops; julgamento de bovinos, integração e proximidade com o produtor e todo universo do campo. Tudo isso em uma estrutura com 22 mil metros quadrados. O acesso a feira é no valor de R$ 5.

De acordo com o diretor da NossaCasa Feira & Eventos e organizador da AgroPonte, Willi Backes, a feira conta com 40 associações e cooperativas da agricultura familiar com produção de alimentos oriundos da agricultura e pecuária. Mais de 120 empresas, concessionárias e representantes com máquinas, tratores, colheitadeiras, equipamentos, ferramentas, tecnologias e insumos para produção na agricultura e pecuária.

“Temos uma extensa programação durante os cinco dias de evento. Com seminários, julgamento de raças e morfologia, diversas informações para o crescimento e desenvolvimento das atividades relacionadas à agricultura e pecuária catarinense”, disse Backes. E ainda, agradeceu a todos que confiam em seu trabalho. “Quando muitos personagens pensam, agem e trabalham para o benefício coletivo, boas são as possibilidades para se alcançar o sucesso desejado. Agradeço ao crédito e a confiança que vocês depositam em nós”, afirmou Backes.

Para o diretor institucional da Cidasc, Marcos Roberto Pacheco, participar da feira é estreitar o laço com a população. “É com bastante alegria que estamos aqui participando da feira. É uma honra para Cidasc fazer parte deste evento. Para nós, a AgroPonte dá espaço para mostrar o nosso trabalho, o que a Cidasc pode oferecer a todos os produtores”, ressaltou.

A presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, destacou a importância da feira para o desenvolvimento da agricultura em Santa Catarina e como um local para troca de conhecimento, com palestras e seminários. “A feira se consolida como um evento que reúne todos os insumos necessários para o desenvolvimento da agricultura no Estado. É durante a AgroPonte que se realizam diversos seminários e palestras, onde se pode adquirir mais conhecimento e trocar informações”, disse.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, também enalteceu a AgroPonte como sendo um evento que fortalece a economia. “Parabenizo o Willi Backes por todo o seu empreendedorismo e confiança em nossa cidade. A feira alcançou dimensões inimagináveis, isso é sinal de confiança e credibilidade que se conquistou ao longo dos anos com a realização da feira. Queremos ver o desenvolvimento na nossa região”, enfatizou.

Siderópolis investe em Vale Feira

Durante a feira, o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão, assinou a Lei que institui o Programa Vale Feira no município. A partir deste mês os servidores públicos municipais de Siderópolis terão direito a um Vale Feira no valor de R$ 20 mensais. A medida deve impulsionar ainda mais a Agricultura Familiar da cidade.

Confira a programação:

15/08 (Quinta-feira)

9h às 12h – Painel “Potencialidades Regionais” (Teatro Elias Angeloni)

13h30min às 15h – Painel Sérgio Schneider, professor titular da UFRGS (Teatro Elias Angeloni)

14h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)

22h – Encerramento da visitação

16/08 (Sexta-feira)

14h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)

14h05min – Seminário “Mecanismos de Apoio à Comercialização das Operações Realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento” – Conab/Plano Safra (Auditório da Associação dos Municípios da Região Carbonífera – Amrec)

14h30min – Julgamento Bovinos da Raça Britânica Angus, julgador doutor Roberto Vilhena Vieira (Área externa do pavilhão)

17h – Julgamento Bovinos da Raça Zebuína Brahman, julgador doutor Roberto Vilhena Vieira (Área externa do pavilhão)

22h – Encerramento da visitação

17/08 (Sábado)

9h às 12h – IV Seminário Gado de Corte – Biotécnicas da Reprodução no Melhoramento do Gado de Corte (Auditório Amrec)

9h30min – Palestra com o professor Dr. M.V. Alceu Mezzalira – CAV/UDESC/Lages com o tema “IATF Inseminação Artificial em Tempo Fixo, Transferência de Embriões” (Auditório Amrec)

10h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)

10h30min – 2ª Exposição Oficial da Raça Crioula e Julgamento Morfológico da Raça (Área externa do pavilhão)

17h – Premiação do Julgamento Morfológico dos Equinos da Raça Crioula (Área externa do pavilhão)

22h – Encerramento da visitação

18/08 (Domingo)

10h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)

18h – Encerramento da visitação

Começa hoje a 9ª Feira AgroPonte

Feira do Agronegócio e Agricultura Familiar vai até domingo, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma

O Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma, começa a receber nesta quarta-feira (14) os visitantes da 9ª AgroPonte – Feira do Agronegócio e Agricultura Familiar. Os portões serão abertos às 16h, já a Solenidade de Abertura Oficial está marcada para as 19h, no hall de entrada principal. Essa edição contará com mais de 250 estandes, entre cooperativas, associações, expositores de animais, empresas de maquinário, de tecnologia e tudo mais que envolve o mundo agro.

“Chegamos à 9ª edição da AgroPonte com conhecimento para oferecer aos visitantes os produtos e serviços que estão em destaque no agronegócio. Teremos a presença de expositores que já são sucesso desde as primeiras edições da feira, assim como algumas novidades, buscando sempre a inovação e exaltando o setor agrícola”, afirma Willi Backes, diretor da NossaCasa Feiras e Eventos, organizadora da AgroPonte.

A 9ª AgroPonte segue com sua programação até domingo (18). Nesse primeiro dia de feira a visitação encerra às 22h; na quinta e na sexta-feira o pavilhão abre às 14h e fecha às 22h; no sábado a abertura será às 10h, também com encerramento às 22h; e no domingo a visitação será das 10h às 18h. Além da Feira do Agronegócio e Agricultura Familiar, o público poderá aproveitar a 7ª Feira Exposição Estadual de Animais, a 4ª Feira Bovinos Comerciais Venda Direta e a 2ª Exposição Oficial Cavalos Crioulos.

A expectativa é de que 100 mil pessoas passem pelos cinco dias de evento, são visitantes vindos não só da região, como de toda Santa Catarina e também de estados vizinhos. A AgroPonte já se tornou referência no setor do agronegócio e é aguardada pelo público.

“São 22 mil metros quadrados de área colocados à disposição dos visitantes e os resultados são os mais variados, partindo de vendas diretas aos consumidores, como as que são realizadas pelas cooperativas de agricultura familiar, chegando a grandes negócios, como a comercialização de máquinas agrícolas”, observa Backes.

Seminários, painéis e julgamentos gratuitos

A programação da 9ª AgroPonte também conta com seminários, painéis e julgamentos de animais, todos gratuitos. O primeiro seminário será na nesta quarta-feira (14), das 10h às 16h, no Teatro Elias Angeloni, com o tema “Encontro dos Jovens Rurais do Sul Catarinense”, promovido pela Comissão Organizadora, pela Epagri e pelo Sebrae.

Na quinta-feira (15), o professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Sérgio Schneider, será o convidado para o painel, que também será realizado no teatro, das 13h30min às 15h. Na sexta-feira (16) iniciam os julgamentos nos estandes construídos na área externa do pavilhão. O primeiro será dos bovinos da raça Britânica Angus, às 14h30min, e o julgador será o doutor Roberto Vilhena Vieira, especialista em qualidade e produtividade animal (confira a programação completa abaixo).

Entrada e estacionamento

Os visitantes da AgroPonte terão à disposição duas áreas de estacionamento. Uma delas é a que fica em frente ao pavilhão e a outra está localizada na Avenida Santos Dumont, em um terreno aos fundos do pavilhão. O valor do estacionamento é R$ 10.

A organização da feira e os expositores distribuíram 50 mil convites para entrada no pavilhão, mas aqueles que não possuem um podem adquirir a sua entrada por R$ 5 na bilheteria logo na entrada. Crianças menores de 12 anos de idade não pagam.

Confira a programação completa da 9ª AgroPonte:

14/08 (Quarta-feira)
10h às 16h – Seminário “Encontro dos Jovens Rurais do Sul Catarinense” (Teatro Elias Angeloni)
16h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)
19h – Solenidade oficial de abertura da 9ª AgroPonte
22h – Encerramento da visitação

15/08 (Quinta-feira)
9h às 12h – Painel “Potencialidades Regionais” (Teatro Elias Angeloni)
13h30min às 15h – Painel Sérgio Schneider, professor titular da UFRGS (Teatro Elias Angeloni)
14h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)
22h – Encerramento da visitação

16/08 (Sexta-feira)
14h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)
14h05min – Seminário “Mecanismos de Apoio à Comercialização das Operações Realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento” – Conab/Plano Safra (Auditório da Associação dos Municípios da Região Carbonífera – Amrec)
14h30min – Julgamento Bovinos da Raça Britânica Angus, julgador doutor Roberto Vilhena Vieira (Área externa do pavilhão)
17h – Julgamento Bovinos da Raça Zebuína Brahman, julgador doutor Roberto Vilhena Vieira (Área externa do pavilhão)
22h – Encerramento da visitação

17/08 (Sábado)
9h às 12h – IV Seminário Gado de Corte – Biotécnicas da Reprodução no Melhoramento do Gado de Corte (Auditório Amrec)
9h30min – Palestra com o professor Dr. M.V. Alceu Mezzalira – CAV/UDESC/Lages com o tema “IATF Inseminação Artificial em Tempo Fixo, Transferência de Embriões” (Auditório Amrec)
10h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)
10h30min – 2ª Exposição Oficial da Raça Crioula e Julgamento Morfológico da Raça (Área externa do pavilhão)
17h – Premiação do Julgamento Morfológico dos Equinos da Raça Crioula (Área externa do pavilhão)
22h – Encerramento da visitação

18/08 (Domingo)
10h – Abertura à visitação (Pavilhão de Exposições José Ijair Conti)
18h – Encerramento da visitação