CasaPronta 2018: Além de negócios, uma opção de entretenimento

Mais de 30% do público se desloca de outras regiões, até da Capital, para conferir o evento

Além de ser a opção ideal para quem procura construir, mobiliar ou decorar, a CasaPronta se destaca ainda como uma alternativa de entretenimento. Em pesquisa realizada na última edição pelo Instituto de Pesquisa Catarinense (IPC), os visitantes indicaram que a possibilidade de lazer acaba sendo um grande atrativo.

Em torno de 60% do público escolhe a CasaPronta como uma forma de passeio mas, dentre as dezenas de expositores, suas novidades e preços atrativos, acabam não indo para casa de mãos vazias. Ou seja, do lazer adquirem aquele objeto desejo, realizam contatos para concluir a compra posteriormente ou mesmo fecham negócios.

Outro dado copilado pelo IPC durante a edição anterior que chama atenção é que 84% dos visitantes entrevistados vêm acompanhados de toda a família, o que solidifica a feira como um evento diferenciado, familiar e para todos os gostos. Do público da CasaPronta, 42% ficou sabendo do evento por amigos ou parentes, o que legitima a indicação. E, se foi indicado é porque foi aprovado.

Conforme a diretora da NossaCasa Feira & Eventos, organizadora da CasaPronta, Jaqueline Backes, a feira é um shopping da construção, mobiliário e decoração, sendo possível encontrar tudo o que o setor oferece em uma área de 15 mil metros quadrados. “O que acaba atraindo todo o tipo de público, em especial as famílias por realmente ser também esta opção de passeio”, pontua.

E engana-se quem cogita que a CasaPronta é maciçamente visitada pelo público feminino. Elas predominam, mas os homens não ficam muito atrás. Um total de 56,9% são mulheres e 45,1%, homens.

Pela primeira vez

Ganham os expositores, ganham as pessoas, que dentre as diversas opções de negócios ainda se divertem e, ganha a economia, principalmente Criciúma. Ainda de acordo com a pesquisa do IPC, na CasaPronta 2017, 34% dos visitantes vieram de outros municípios: da Região Carbonífera, do Vale do Araranguá, da região de Tubarão e até de Florianópolis.

Do público, de modo geral, 24% foi pela primeira vez conhecer a feira sendo que, 5% visitou também pela primeira vez Criciúma e a CasaPronta foi a grande “isca”. Dos visitantes, 99% afirmam que irão voltar na edição seguinte, o que também fortalece cada vez mais o maior evento da construção, mobiliário e decoração de Santa Catarina.

Ainda não visitou? Ou, como esses 99% foi conferir a feira e vai voltar? A CasaPronta ocorre de 17 a 21 de outubro no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma.

Acessos

Para quem não recebeu os 50 mil convites entregues em toda região, o valor para a entrada na CasaPronta é de R$ 5 mais R$ 5 o estacionamento. Para evitar filas, haverá duas entradas. Além do acesso principal, uma entrada estará disponível pela Avenida Santos Dumont.