AgroPonte 2018: Agricultura familiar em destaque com mais de 40 cooperativas

AgroPonte 2018: Agricultura familiar em destaque com mais de 40 cooperativas

Atividade econômica é considerada a mais importante do Estado

A agricultura familiar estará ainda mais em evidência nesta edição da AgroPonte. Inserida no evento do mundo do agronegócio, está a 8ª Feira do Agronegócio e da Agricultura Familiar.

Conforme o diretor da NossaCasa Feira & Eventos, Willi Backes, esta edição terá o maior número de cooperativas de agricultura familiar. “Serão em torno de 40 e que representam mais de 4 mil propriedades rurais associadas. É um Exército trabalhando na produção alimentar”, destaca. Ele acrescenta que está será a maior AgroPonte ainda em termos de estrutura, pavilhões e exposição de animais.

A feira ocorre de 15 a 19 de agosto no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma. São 40 municípios representando as três associações de municípios do Sul catarinense, Amrec, Amesc e Amurel. A organização estima um público de mais de 100 mil visitantes nos cinco dias de evento.

Cada vez mais disseminada e valorizada, a agricultura familiar tem dinâmica e características distintas em comparação à agricultura não familiar. Nela, a gestão da propriedade é compartilhada pela família e a atividade produtiva agropecuária é a principal fonte geradora de renda.

“São 45 municípios na região Sul do Estado e, em mais de 80% deles o agronegócio e a agricultura familiar são as principais atividades econômicas. É o segmento mais importante de Santa Catarina. A região tem como característica as pequenas propriedades. Por isso é fundamental que elas se unam através de cooperativas e associações”, explica Backes.

Segundo dados do Governo Federal, são aproximadamente 4,4 milhões de famílias agricultoras, o que representa 84% dos estabelecimentos rurais brasileiros. Da atividade econômica, vem dela 38% do valor bruto da produção agropecuária e o setor responde por sete em cada dez postos de trabalho no campo.

A agricultura familiar é produtiva, pois é responsável pela produção de mais de 50% dos alimentos da cesta básica brasileira, sendo um importante instrumento de controle da inflação.

Nesta edição da AgroPonte, serão mais de 25 mil metros quadrados de estrutura reunindo 250 expositores, dentre eles empresas, entidades, associações e cooperativas da agricultura familiar, além de fabricantes, distribuidores e comerciantes com produtos alimentícios certificados de propriedades rurais, máquinas, equipamentos, tratores, colheitadeiras, ferramentas, tecnologias e insumos para a produção.

A AgroPonte engloba a 8º Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar, a 6º Feira Exposição Estadual de Animais e a 3º Feira Bovinos Comerciais Venda Direta.