6ª CasaPronta Tubarão encerra com público de mais de 30 mil pessoas

Mais uma edição da CasaPronta Tubarão encerra com resultados positivos e a certeza da consolidação do evento na cidade. Mais 30 mil pessoas visitaram a feira nos cinco dias de evento. Pessoas como a empresária Juliana Gomes, que foi à feira com o noivo, também empresário, Diomar Gereminas.
“Temos o sonho da casa própria e estamos pensando em começar a construir até o fim do ano e não podíamos deixar de visitar a feira. Conseguimos ampliar nossa visão e definir melhor o que queremos”, comenta a empresária.
Depoimentos como o de Juliana, reforçam o objetivo pelo qual o evento é feito. “A intenção é oportunizar ao público variedade e qualidade de opções. Que eles encontrem todas alternativas para construir, mobiliar e decorar, tendo a certeza de que estão fazendo o melhor negócio”, reforça a diretora da NossaCasa Feiras e Eventos, organizadora da CasaPronta Tubarão, Jaqueline Backes.
E parece que a fórmula tem dado certo. Nesta 6ª edição foram quase 100 empresas expondo seus negócios no estacionamento G3 do Farol Shopping, onde aconteceu o evento. “A feira já faz parte do nosso orçamento anual, porque é uma grande vitrine para o nosso negócio. Sempre viemos com boas projeções, mas somos surpreendidos a cada ano. A CasaPronta Tubarão tem crescido e tem se tornado referência na cidade e em toda a região”, comenta Douglas Goulart Nunes, sócio-proprietário da D’Kore Marmoraria.
Quem também concorda que a feira é uma boa maneira de expor seu negócio é o corretor Félix Marques, da Athena Construções. “Já diz o ditado, “quem não é visto não é lembrado”, e a CasaPronta é uma das melhores vitrines para nós, expositores. E mesmo com a instabilidade econômica do país, a feira desponta como um recurso poderoso para ter acesso ao cliente. Além disso, é um bom lugar para conhecermos as novidades do mercado”, coloca.
Rodada de Negócios
A 1ª Rodada de Negócios, fruto da parceria de sucesso com a Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção da Amurel (Acomac Amurel) também foi uma novidade positiva no evento. O objetivo da rodada era de que bons negócios fossem realizados durante a feira. Para isso, foi montado um modelo dinâmico e eficaz para que as indústrias pudessem apresentar suas propostas e para que o lojista possa escolher a melhor opção para a sua empresa.
“A Rodada de Negócios veio para aprimorar o que já vinha dando certo. Tivemos resultados bem produtivos. 40% da nossa meta mensal, foi alcançada nos cinco dias feira”, relata Milton Goulart Ricardo, representante da Cejatel, uma das nove indústrias participantes da rodada.
Além disso, a Cejatel, como muitas outras empresas, deixou para lançar um novo produto CasaPronta. “Este ano trouxemos o piso retificado, que agora faz parte da nossa linha de produtos. Lançamos aqui de maneira estratégica, já que temos muito contato com pessoas que não conhecem nossa marca; e também otimizados a apresentação à aqueles que já são nossos clientes. Reduzimos, em média, 30% o tempo que levaríamos para apresentar o piso retificado a cada cliente”, explica.
Em 2018 tem mais
Este ano foi a primeira participação da Raffinare Com. e Com. de Materiais para Construção, e satisfação foi tanta, que a empresa já garantiu seu espaço na próxima edição. “A CasaPronta superou todas as nossas expectativas. Tanto que já estamos prospectando nossa participação na próxima edição. Ainda é segredo, mas vem muita coisa boa por aí e novidades por aí”, sócio-proprietário da Raffinare Com. de Materiais para Construção, Sandro Uliano.